Aquários Para Decorar Sua Casa Além de Colecionar Lindos Peixinhos

Parte 1

Para quem acha que ter um aquário em casa dá muito trabalho, pode vir a ter uma grande surpresa e enganar-se. O crescimento do setor nos últimos anos mostra que não somente ter aquários em casa não demanda tanto trabalho como o aquariofilismo – hobby voltado para a prática de produzir, manter e até mesmo colecionar aquários e peixes – vem crescendo largamente nos últimos anos.

Esta mudança se justifica, em grande parte, por duas razões – a primeira é que o surgimento de novas tecnologias proporcionou uma facilidade em encontrar materiais para aquários, novas espécies de peixes e até mesmo o surgimento de mão de obra especializada para ajudar as pessoas a manterem aquários em suas casas. A segunda é que, a presença de um aquário numa casa dá um toque diferente à decoração do local. Em alguns casos, os aquários podem até mesmo substituir a presença de um quadro na parede.

Não importa se são grandes, médios ou pequenos. A presença de um aquário em qualquer que seja o ambiente da casa chama a atenção de qualquer visitante. Há quem garanta que até mesmo a presença dos peixinhos dinamiza mais o ambiente, uma vez que, a maneira de cada espécie, eles são capazes de reconhecer seus donos e interagir com os mesmos.

E não dá tanto trabalho quanto parece, aos olhos dos que não estão muito afinados com a prática. Há uma infinidade de espécies de peixes que não necessitam de grandes cuidados, nem mesmo da troca constante de água dos tanques e/ou reservatórios. Há tecnologias hoje que já permitem a uma filtragem da água sem a necessidade da troca semanal. E diversas práticas sustentáveis podem ainda ser aplicadas aos aquários. Existem empresas especializadas no ramo de aquariofilismo que vão semanalmente às casas de seus clientes técnicos que cuidam de tudo, por um preço altamente atrativo.

Os aquários como peças decorativas podem ser colocados no hall de entrada de apartamentos, em cantos de salas, em salas de estar e até mesmo acoplados diretamente nas paredes. Esta maneira, um pouco mais ousada, oferece um toque totalmente personalizado e charmoso à residência do aquariofilista.

Apenas é preciso entender que os materiais a serem utilizados na construção de qualquer aquário devem estar adequados ao tamanho deles, bem como ao tipo de peixe ou tipos, que os reservatórios receberão. Quer sejam de água doce, quer sejam de água salgada, precisam estar adequados a todas as especificações técnicas para que os peixinhos possam alegrar por muito tempo o ambiente. E sem sobressaltos.