Como Fazer um Aquário de Lambari

Peixinhos bonitos, comuns e muito simpáticos. São algumas características dos conhecidos mais popularmente como “lambaris”. Pertencentes à família astyanaxs, characidae, este tipo de peixe é muito comum de ser encontrado em rios, lagos, córregos, e represas pelo Brasil afora. Tanto é que se trata de um dos peixes mais consumidos por populações locais. Em geral, o lambari é servido frito.

O lambari não chega a um tamanho maior do que 15 centímetros, vive em água doce, e condições que não requerem muitos cuidados. De coloração prateada, com nadadeiras em cores que podem variar de acordo com a espécie – podem ser avermelhadas, amareladas e até mesmo pretas (costumam ser mais comuns). São peixes onívoros, ou seja, se alimentam de diversos tipos de alimentos- por isso não possuem alimentação restrita. Contudo, como se trata de peixes pequenos, são base na cadeia alimentar de outros tipos de peixes maiores. É ainda muito comum que iscas para pegar outros peixes sejam feitas com lambaris, por conta de suas características.

E embora muitas pessoas somente usem os lambaris ou para alimentação ou para fins pesqueiros, é possível montar um aquário somente com lambaris. E este pode ficar muito charmoso, mesmo sendo os lambaris preteridos em relação a outras tantas espécies de peixes mais apreciadas para este fim.

Fazer um aquário de lambaris é muito fácil e requer quase nenhum cuidado, salvo os que já fazem parte das obrigações de quem possui algum tipo de reservatório em casa. Seguindo as recomendações dos aquaristas mais experientes, a montagem de um aquário de lambari, inclusive, pode ser uma boa opção para quem deseja se iniciar neste tipo de hobby.

Para compor um aquário com lambaris alguns itens devem ser adquiridos em casas especializadas que revendam produtos para aquarismo. Um aquário de pelo menos 40 litros, seis exemplares de lambaris, sendo que ao mesmo dois devem ser machos, cascalho para colocar no fundo do reservatório, e um filtro para que seja colocado sobre o cascalho.

Coloque o aquário em sua localização permanente, para evitar que ele tenha de ser removido do local. Coloque a água, após se certificar de que o reservatório esteja bem limpo. Coloque o filtro dentro do tanque e, na sequência, coloque os cascalhos. Acomode ainda uma caverninha de barro dentro do reservatório. Certifique-se de que haja ao menos 2,5 centímetros de cascalho no local onde será colocada a caverninha, para que ela fique em firme. A caverninha é para garantir um local adequado para a colocação das ovas das fêmeas. Adicione o restante da água e coloque os lambaris. Não misture peixes maiores com lambaris, pois eles poderão ser devorados.