Mais Sobre o Peixe Aba-aba

Algumas espécies de peixes contam com nomes estranhos, que muitas vezes podem nem ao menos parecer que se trata de um animal marinho. Mas alguns destes nomes estranhos parecem combinar perfeitamente com os animais, afinal de contas, as águas acabam sendo casa de certos elementos muito estranhos.

O Aba-aba pode ser considerado como o único peixe da família Gymnarchidae pertencendo à ordem dos Osteoglossiformes. E este peixe acaba tendo algumas características que podem até mesmo fazer com que eles sejam confundidos com determinados tipos de tubarões, especialmente em virtude do seu corpo que conta com um formato alongado, além das barbatanas caudal, ventral e anal.

A grande maioria das espécies deste estranho peixe podem ser encontrados no norte da África, sendo que eles chegam até mesmo a ser considerados bastante comuns em determinados rios, como o Nilo, o Níger, o Volta e também o Chade. E um fato curioso sobre este peixe é que ele não pode ser considerado como uma espécie em extinção, já que não existem registros de pescas. Mas ele pode ser encontrado em determinados pontos do continente Africano sendo comercializado.

Estes peixes costumam viver em locais com uma grande quantidade de vegetação aquática, além das linhas costeiras e também pântanos. Basicamente estes peixes costumam se alimentar de crustáceos, insetos e pequenos peixes. Para que eles possam se reproduzir, geralmente o Aba-aba acaba construindo um ninho com base de material vegetal flutuante nos pântanos. De acordo com pesquisas que foram feitas sobre este peixe, cada fêmea pode colocar cerca de mil ovos ao mesmo tempo.

Publicidade:

Além disso, este peixe acaba tendo um hábito mais noturno, o que acaba tornando ele ainda mais complicado de ser encontrado pelos turistas ou banhistas. Quando a luz do sol está dominando, estes peixes geralmente se escondem em tocas ou ainda nas raízes das plantas.

 

Dicas relacionadas: